Oração de São Bento – Quando surgiu? Quem foi São Bento? Como é a oração?

São Bento é um santo bastante conhecido na cultura religiosa. Seus feitos são de grande esplendor e movimenta a fé de milhões de pessoas, mas são poucos os que sabem sobre sua real história.

São Bento pertencia a uma família nobre e nasceu em Umbria, cidade localizada na Itália. São Bento dedicava-se a estudos e orações. Passou cerca de três anos na vida eremita e se dedicou a esse tipo de cultura através de um senhor chamado Romano.

Enquanto São Bento vivia em uma gruta durante 3 anos, sem sequer receber visitas e se dedicando inteiramente a vida espiritual, um sacerdote da região estava fazendo seu jantar, como de costume, e escutou uma voz dizendo: estás fazendo sua comida enquanto meu servo, o Bento, está morrendo de fome no deserto.

O sacerdote saiu em busca e encontrou Bento escondido, disse-lhe a ele que era dia de Páscoa do Senhor e ofereceu-lhe uma comida.

Após algum tempo de isolamento, Bento começou a receber visitas. As pessoas que iam ao seu encontro, buscavam orientações e orações.

Mesmo sempre ajudando as pessoas e servindo ao Senhor, a bondade de São Bento começou a incomodar algumas pessoas e ele foi perseguido. Ele chegou a ser quase morto por causa de um vinho envenenado que lhe serviram. Mas São Bento, com sua humildade e fé, sempre orava antes de suas refeições e quebrou a maldição que haviam lhe servido.

Em sua imagem, São Bento possui uma batina preta que significa a Ordem dos Beneditinos, ordem que foi fundado por ele. A taça simboliza o episódio em que vivera, mas que não abalou nem seu corpo físico e nem sua fé.

O cajado de São Bento simboliza a santidade e o pastor. O livro em sua mão simboliza a sua conduta, ao levar uma vida inspirada por Deus. A barba de São Bento é longa e branca, fruto da sua sabedoria.

São Bento movimenta milhões de corações com fé e representa uma santidade que deve ser seguida.

Oração de São Bento:

“A Cruz sagrada seja a minha Luz. Não seja o dragão o meu guia. Retira-te satanás. Nunca me aconselhe coisas vãs. É do mal o que tu me ofereces. Beba tu mesmo do teu veneno. Rogai por nós Bem-Aventurado São Bento, para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Amém!